Feed de RSS

AENSM

segunda-feira, 29 de março de 2021

2º reunião do Conselho Eco-escolas ESSMO

Realizou-se a 25 de março a 2ª reunião do Conselho Eco-escolas da ESSMO, presidida pela coordenadora eco-Escolas, Sandra Teixeira.


Desta vez a sessão decorreu online via Teams Contou com a presença da Diretora, celeste Sousa.

A reunião iniciou-se com a apresentação dos resultados da auditoria ambiental que visa não só um diagnóstico e levantamento de problemas a resolver, como também sugerir atividades ou áreas de intervenção prioritárias na escola, e ainda evidenciar os progressos obtidos.



De seguida foi apresentado o plano de ação bem como as atividades já concluídas, tendo sido dado destaque: ao concurso Academia Ponto Verde, ainda se encontra em desenvolvimento; ao workshop sobre economia Circular e Reciclagem Criativa, já concluído; a formação sobre compostagem, atividade já concluída e com muito sucesso; o redimensionamento do compostor da ESSMO; Ciclo de palestras sobre as Alterações Climáticas no Médio Tejo, promovidas no âmbito do Projeto “Médio Tejo Adapta-se”, e que se irão realizar nos dias 19 e 20 de abril para os 9ºs, 10º e 11º anos.

Passou-se de seguida à aprovação do Eco-Código da ESSMO. O Eco-Código é uma Declaração de objetivos traduzidos por ações concretas que todos os membros da escola devem seguir.

Foram apresentados quatro posters Eco-Código produzidos na disciplina de Design e Comunicações Audiovisuais por alunos do 11ºF. Ficou decidido que esses trabalhos serão colocados na página do agrupamento para votação. O trabalho mais votado irá representar a escola num concurso nacional promovido pela ABAE (Associação Bandeira Azul da Europa) que em Portugal coordena o Programa Eco-escolas.


Seguidamente passou-se à planificação das atividades a promover na Semana Eco-Escolas que irá decorrer em todo o Agrupamento entre os dias 19 e 23 de Abril. 

Neste âmbito a coordenadora Eco-Escolas desafiou o grupo disciplinar de Educação Física, representado pelo coordenador Diogo Soares a colaborar em algumas atividades enquadradas na temática da mobilidade sustentável. Menos carros, mais bicicletas bem como outras soluções mais ecológicas, foi o mote para um debate onde todos tiveram a palavra e reconheceram a importância de uma ação de sensibilização para a toda a comunidade. 

Foi ouvido o Sr. Presidente da junta que apoiou todas as iniciativas apresentadas no plano de Ação, comprometendo-se a fazer melhoramentos no Eco-Trilho da Vala, projeto que integra o Plano de Ação da ESSMO. 

Para encerrar a reunião a coordenadora apresentou o trabalho da aluna Anaís Fernandes do 9ºH, no âmbito do concurso “Toyota – Carro de Sonho”, com uma visão muito futurista da mobilidade num futuro não muito longínquo! 





quinta-feira, 25 de março de 2021

Dia da Árvore / Dia Internacional da Floresta - 21 de março

Aceitando o desafio da associação ambientalista FAPAS (Associação Portuguesa para a Conservação da Biodiversidade), o AENSM decidiu comemorar o Dia da Árvore ou dia Internacional da Floresta aderindo ao projeto "Árvores extraordinárias". Deste modo, através dos seus Diretores de Turma, os alunos do 2º e 3º ciclos e do ensino secundário foram convidados a tirarem uma foto de uma árvore de um qualquer espaço (jardim, rua, parque, quintal...) que, na sua opinião, pela sua idade, raridade, beleza, localização, história ou outro qualquer motivo, valesse a pena destacar entre as demais.

 
Ana Duarte - 11ºF

Essa foto deveria ser colocada num "postal digital", no verso do qual seria elaborado um curto texto, com o mínimo de 100 palavras, referente a essa árvore ou um texto alusivo ao valor e importância da "árvore" ou das "florestas". Conforme o regulamento, estes “postais digitais” foram amplamente divulgados nas redes sociais dos alunos e enviados para a FAPAS que fará a conveniente divulgação nacional. 


Inês Graça - 11ºF

No nosso Agrupamento, foi decidido a organização de um concurso interno pelos três escalões de escolaridade, com a atribuição de prémios simbólicos aos três melhores trabalhos, de acordo com os seguintes critérios:

  1. Qualidade técnica e artística do trabalho;
  2. Originalidade do trabalho;
  3. O espírito criativo demonstrado;
  4. Mensagem ecológica.

 
Sara Pereira - 11ºF

Foram elaborados várias dezenas de trabalhos e, em breve, um júri de seleção organizado entre os professores da Área disciplinar de Ciências da Terra e da Vida (CTV) irá proceder à seleção e posterior divulgação dos premiados. Caso o percurso pandémico o permita, será ponderada a organização de uma exposição nos átrios da ESSMO e EDNAP. 

 
Sofia Cavacece - 11ºF

Este desafio integrou o trabalho do projeto Ecoescolas, projeto que visa a dinamização de atividades ecológicas no Agrupamento por parte dos alunos e da restante comunidade educativa.


quarta-feira, 24 de março de 2021

EXAMES!

EXAMES FINAIS NACIONAIS
PROVAS DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA

Ensino Secundário
2021

I - Os alunos devem:

a) Realizar exames finais nacionais nas disciplinas que elejam como provas de ingresso.
A obrigatoriedade de realização de exames nacionais aplica-se apenas às disciplinas que sejam requeridas como provas de ingresso ao Ensino Superior.

 

b) Realizar provas de equivalência à frequência, para aprovação de disciplinas e conclusão do ensino secundário. Estas provas de equivalência são substituídas por exames finais nacionais quando exista essa oferta.

A obrigatoriedade de realização provas de equivalência aplica-se apenas aos casos dos alunos que necessitem de concluir disciplinas a que "chumbaram" com a classificação interna.

I - Os alunos podem:

c) Realizar exames finais nacionais para melhoria de nota, relevando o seu resultado apenas como classificação de prova de ingresso.

A eventual melhoria de classificação no exame nacional não é contabilizada para o cálculo final da nota da disciplina, mas apenas como classificação de prova de ingresso.


II - Inscrições para as provas e exames do ensino secundário

Seja qual for o fim a que se destinem (aprovação em disciplina, prova de ingresso ou melhoria de classificação cujo resultado releva apenas como prova de ingresso), as inscrições realizam-se nos seguintes prazos:


Prazo de inscrição para a 1.ª fase

24 de março a 15 de abril

Prazo de inscrição para a 2.ª fase

02 a 06 de agosto


O processo de inscrição para a realização de prova s e exames, no ano letivo 2020/2021, efetua-se através da PIEPE (Plataforma de Inscrição Eletrónica em Provas e Exames), a disponibilizar no endereço:


IV - Apoio e esclarecimento

Dúvidas que surjam por parte dos alunos/encarregado de educação, durante o processo de inscrição, deverão ser colocadas à escola, através do mail:
direcaoexames2020@aensm.pt

terça-feira, 23 de março de 2021

Dia da Árvore

Comemorou-se a 21 de Março o Dia Mundial da Floresta, ou Dia Mundial da árvore. O objetivo da comemoração do Dia Mundial da Árvore é sensibilizar a população para a importância da preservação das árvores, quer ao nível do equilíbrio ambiental e ecológico, como da própria qualidade de vida dos cidadãos. 

A equipa Ecoescolas recomenda a todos a leitura de um artigo que o nosso querido Professor Jorge Paiva,  nos fez chegar.  O professor Jorge Paiva é biólogo e especialista em Botânica. Nos últimos anos tem estado ao lado do nosso Agrupamento, ajudando a desenvolver várias ações pedagógicas nas áreas do ambiente e da sustentabilidade. 





segunda-feira, 22 de março de 2021

Compostagem Caseira - Sessão formativa

Realizou-se no dia 12 de março a sessão formativa sobre a Compostagem Caseira, mais uma iniciativa promovida no âmbito do Programa Eco-Escolas e em parceria com o Centro Interpretativo e Ambiental de Tomar, na pessoa da Eng. Cátia Pouseiro. Participou ainda como convidada a Eng. Sónia Fonseca.

A sessão foi dirigida a toda a comunidade educativa e realizou-se online através da Plataforma Teams. Estiveram presentes cerca de 40 elementos entre professores, alunos, auxiliares e Encarregados de Educação.

A compostagem é um processo de reciclagem natural que devolve à mãe Natureza aquilo que lhe foi retirado ao produzir os produtos vegetais que nós consumimos nas diversas formas.

A sessão foi muito esclarecedora. Na primeira parte da sessão a Eng. Cátia Pouseiro fez uma apresentação sobre os resíduos e a economia circular, informando os Tomarenses sobre o destino de vários tipos de resíduos, bem como a localização de pontos de recolha desses resíduos na cidade. Na segunda parte a Eng. Sónia Fonseca explicou passo a passo como fazer uma pilha de compostagem e desmistificou muitas ideias pré-concebidas pelo público em geral. Para além de abordar a compostagem caseira, apresentou também a vermicompostagem como uma alternativa possível e ideal para quem vive em apartamentos, por exemplo.

Todos podemos fazer compostagem em casa. Cabe a cada um de nós zelar pela saúde do planeta terra, sempre e em todo o lado!

A coordenadora Eco-Escolas

Sandra Teixeira



↓ Mais fotos nesta pasta: ↓
Compostagem Caseira


sexta-feira, 12 de março de 2021

Materiais de apoio aos professores e restante comunidade educativa

As Bibliotecas Escolares do Agrupamento Nuno de Santa Maria, disponibilizaram diversos materiais de apoio aos professores e restante comunidade educativa, para que o período de confinamento fosse um pouco menos penoso.
Com o mote Lig@-te a nós podem encontrar desde, Dossiers Temáticos ,que acreditamos abordarem assuntos de interesses comuns, até materiais de apoio ao currículo.

Flipboard Bibliotecas do Agrupamento Nuno de Santa Maria. Noticias escolhidas a pensar em interesses comuns.
https://flipboard.com/@Bibliotecas4?from=share&utm_source=flipboard&utm_medium=curator_share

Educação literária e sugestões de leitura- Primeiro Ciclo
https://padlet.com/becre4/Bookmarks

Educação Literária e sugestões de leitura -2º, 3º Ciclo e Secundário
https://padlet.com/BECRE4/rphjj4knaapd0wxu

Prestem muita atenção a História vai começar….Shhh!
https://padlet.com/BECRE4/ybviddhb6gtuvnn4

Protejam-se.

A equipa das Bibliotecas

quinta-feira, 11 de março de 2021

Orçamento Participativo das Escolas (OPE).

 Chegou uma nova edição do Orçamento Participativo das Escolas (OPE).

A nível nacional, o orçamento participativo é coordenado pelo Instituto de Gestão Financeira da Educação I.P. (IGeFE, I.P.), em articulação com a Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGEstE).

 Com esta iniciativa, os estudantes do 3.º ciclo do ensino básico e/ou do ensino secundário vão poder decidir o que querem melhorar na sua escola. 

O OPE pretende dar voz aos estudantes e dar resposta às suas necessidades e interesses, contribuindo para a melhoria da qualidade da democracia nas escolas. 

Para isso, só precisam de ter uma ideia, reunir apoio e, claro, conquistar o maior número de votos!

Colabora com o teu Diretor de Turma e com os teus colegas de turma!

AGORA A SÉRIO, TU FAZES A DIFERENÇA!!

terça-feira, 9 de março de 2021

Formação sobre Compostagem

Irá decorrer uma formação online sobre compostagem no dia 11 de março às 17h30min através da plataforma Teams (online).

A formação está aberta a toda a Comunidade Educativa – alunos, professores, auxiliares e encarregados de educação.

O acesso faz-se com as contas institucionais. 

No caso dos EE entram com a conta de um dos seus educandos.

As inscrições fazem-se através deste link:

https://forms.office.com/Pages/ResponsePage.aspx?id=9XsZV49tVUuF_rLRjBsUl9Ac_on-AkVEoNjKxGeTq5pUQjBTS0pVV0VNR1BLQjdYRENPVUpYRVpaUi4u 

segunda-feira, 8 de março de 2021

Ubuntu: eu sou, porque tu és!

Em janeiro, pouco antes de voltarmos todos ao confinamento, realizámos no Agrupamento de Escolas Nuno de Santa Maria as duas primeiras Semanas Ubuntu.

As primeiras turmas a participar neste programa de capacitação desenvolvido a partir do modelo de liderança servidora e com a inspiração de figuras como Nelson Mandela, Martin Luther King ou Malala, passaram uma semana muito diferente e que a todos tocou de alguma forma.

As palavras “revelador”, “emocionante” e “inspirador” foram presença constante durante os cinco dias de formação.

Quer alunos, quer os educadores envolvidos, chegaram a sexta-feira com um novo olhar para si e para com quem os rodeia, cheios de sonhos, projetos e esperanças para serem a mudança que querem ver no mundo.


O confinamento veio alterar todos os planos para a continuação deste projeto, mas a adaptação ao digital permitiu-nos continuar próximos uns dos outros e dar continuidade ao processo de capacitação dos nossos jovens líderes servidores.

Todas as semanas nos juntamos para uma nova sessão do Clube Ubuntu onde trabalhamos os cinco pilares Ubuntu (autoconhecimento, autoconfiança, resiliência, empatia e serviço), bem como a análise da realidade envolvente, procurando responder às necessidades detetadas através de projetos a serem desenvolvidos pelos alunos e educadores Ubuntu.

E como os nossos alunos são muito empenhados, aceitaram o desafio de ir mais longe e participar de forma ativa na Rede Ubuntu, estando ambas as turmas representadas no movimento "Desafios da Educação em tempos de (pós) pandemia: o contributo Ubuntu". E que excelentes contributos têm dado!

Ainda este ano letivo esperamos conseguir chegar a mais alunos, que se juntarão a nós neste desafio de ser agente de mudança ao serviço da comunidade, ajudando a construir uma cidade mais justa e solidária.

Carla Marinho