Feed de RSS

AENSM

segunda-feira, 6 de julho de 2020

Encerramento do ano letivo - JI Raul Lopes

No dia 26 de junho as crianças do pré-escolar do JI Raul Lopes terminaram as atividades letivas. 


Os finalistas receberam o diploma e confraternizaram com os amigos, Educadoras e Assistentes Operacionais num clima de alegria e muita diversão.


Todos juntos, cantaram e dançaram ao som da música e letra "Quando eu for Maior".





sexta-feira, 3 de julho de 2020

Ecotrilho AENSM


A ideia partiu de um desafio no âmbito do Programa Ecoescolas. O professor Carlos Craveiro e Carlos Laranjeira aceitaram o desafio desenvolvendo trabalho no âmbito da flexibilidade curricular com as suas turmas do 10º ano.


Num trajeto relativamente próximo das escolas e possível de percorrer a pé, e num horário relativamente curto, será possível percorrer um território onde não faltam os pretextos para a sua exploração: o património construído, a história recente de Tomar, a geologia local e o seu enquadramento com a evolução geológica global, o rio Nabão e as suas margens, a diversidade e a evolução florística, a vegetação caraterística do calcário e a vegetação mediterrânea, os solos, os materiais geológicos e as construções humanas e a exploração de formas de energia.


Com este guia, qualquer guia, professor ou leitor pode acompanhar este percurso que começa nos arrabaldes da urbe tomarense, junto da uma das mais emblemáticas fábricas que outrora laborou em Tomar, entranha-se numa densa e descuidada mata, confronta-se com um majestoso açude no rio Nabão, quase nunca deixando de avistar a Vala do açude que serviu de designação a este percurso. E porque a Ecologia é o estudo da interação dos seres vivos com o meio ambiente e porque os seres humanos são um desses seres vivos que ajudou e continua a modificar o ambiente que o rodeia, decidiu-se designar este percurso por “Ecotrilho da Vala”, um trilho onde predomina o percurso não pavimentado, onde o explorador pode tomar contacto com informação diversa, como diverso e multifacetado é a interpretação da paisagem.


O percurso encontra-se relativamente abandonado, intromete-se em terrenos provavelmente do domínio particular, mas que há muito são visitados pelos amantes da Natureza. Para a sua generalização, urge apresentar este trabalho aos responsáveis autárquicos para que, na medida das suas possibilidades, colaborem na sua certificação, delimitação e divulgação, garantindo alguma sinalética e algumas estruturas de segurança essenciais para que qualquer pessoa possa concretizar este percurso sem perigo. Com muito pouco investimento, o cidadão tomarense teria à sua disposição um percurso ambiental multivalente, de enorme potencialidade científica, enquanto pratica exercício físico e liberta a mente em contacto com o espaço natural.

        Bem-vindos, ao “Ecotrilho da Vala”!